Buscar
  • Diretoria

Denúncia recente à liderança religiosa



Temos assistido nos últimos dias, denuncias relacionadas a um conhecido sacerdote que tem atuação na cidade de São Paulo e com uma federação de âmbito nacional.


Esse tipo de denúncia deveras explorada pela mídia traz a tona temas que ferem a integridade da pessoa e sua relação de confiança com a religião e a sociedade.


A Umbanda assim como as religiões de matrizes africanas estão fundamentadas no bem estar do indivíduo e em nenhuma circunstância possui em seus rituais atos libidinosos ou que possam ferir a integridade das pessoas.

.

O Superior Órgão de Umbanda do Brasil não vem julgar ou estabelecer juízo de valor para o tema, confia na justiça brasileira e ainda se sensibiliza com qualquer vítima de intolerância, violência e desrespeito nesta e em qualquer outra circunstância.


Atos que fogem a normalidade, ao bom senso, ao respeito devem ser denunciados sim aos órgãos competentes;


Ainda, em nosso país temos muitas federações, associações, templos religiosos e cada uma dessas organizações representam a sua comunidade local, mas não representam a unicidade da religião de Umbanda como um todo, premissa essa válida para a associação envolvida que não é associada a este Superior Órgão.


Possamos trabalhar sempre para a cultura de paz, a integração e a verdade.


Nosso Saravá.


Superior Órgão de Umbanda do Brasil

208 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo